VIAAS - Vias de Interculturalidade na Área do Asilo
 Apresentação   A1 Preparação   A2 Desenvolvimento   A3 Disseminação   Parceria Transnacional     Site PASSI     Contactos 
Workshop de Apresentação dos Recursos Técnico Pedagógicos (RTPs) no CFPSA e na SCML
Visitas de Apoio à Incorporação (Coaching)
Incorporação do RTP “Modelo Integrado” – Projecto SER MAIS
Incorporação da PBS “e-learning” pelo CPR
Workshop Final
Reuniões de Mainstreaming
Avaliação Externa do Projecto

 

PLANO DE ACTIVIDADES - ACÇÃO 3  

No âmbito da acção 3 do projecto VIAAS, que decorre entre Janeiro e Dezembro de 2008, estão previstas as seguintes actividades:  

1. Workshop de Apresentação dos Recursos Técnico Pedagógicos (RTPs) no CFPSA e na SCML
  • Workshop no CFPSA para apresentação do Guia de Boas Práticas para a Integração de Imigrantes e Refugiados nos Centros de Formação Profissional;
  • Workshop na SCML para apresentação do Modelo Integrado de Acolhimento, Orientação e Formação de Base para públicos em particular situação de Exclusão Social.
A Prática Bem Sucedida (PBS) O e-learning como veículo privilegiado para a sensibilização e formação na área dos Direitos Humanos e do Asilo, será divulgada de forma transversal nos dois workshops. 

Descrição:

  • Apresentação pública dos produtos do projecto (com o recurso a técnicas de role-play e distribuição dos produtos em versão impressa).
 Público-alvo:
  • Dirigentes, técnicos e formadores e instituições interessadas na incorporação dos produtos. 
 

2. Visitas de Apoio à Incorporação (Coaching)

Descrição:

  • Reuniões/sessões de apoio aos incorporadores do produto ao longo do projecto;
  • Espera-se que refugiados, formadores e outros técnicos possam participar nestas sessões, uma vez que são portadores da experiência a disseminar;
  • Reuniões de acompanhamento no CRISFORM, CENFIC e no Centro de Formação Profissional para o Sector Terciário.
 Público-alvo:
  • Técnicos e dirigentes que estejam em processo de incorporação dos produtos. 
 
 
3. Incorporação do RTP “Modelo Integrado” – Projecto SER MAIS

Descrição:

  • Mobilização dos meios humanos e materiais;
  • Preparação pedagógica dos agentes envolvidos nas intervenções;
  • Diagnóstico Social, análise e consulta das redes locais;
  • Diagnóstico de expectativas e necessidades de formação do público – alvo do projecto;
  • Diagnóstico de necessidades de formação e oportunidades do mercado de trabalho;
  • Organização e construção da intervenção formativa;
  • Concepção e identificação das metodologias pedagógicas;
  • Promoção e desenvolvimento da intervenção formativa;
  • Acompanhamento aos formandos;
  • Acompanhamento e avaliação das intervenções do projecto;
  • Balanço de competências da equipa do projecto;
  • Aplicação da metodologia MAPA, através de workshops de formação em técnicas participativas;
  • Sessões de formação de formadores.
 Público-alvo:
  • Técnicos e formadores da SCML;
  • Outros técnicos da PD;
  • Outros incorporadores.

4. Incorporação da PBS “e-learning” pelo CPR

Descrição:

  • Adaptação do curso de e-learning à formação presencial, que é dada na Universidade Católica do Porto e na Universidade de Coimbra.

Público-alvo:

  • Universidade de Coimbra;
  • Universidade Católica do Porto.

5. Workshop Final

Descrição:

  • Partilha de experiências entre todos os envolvidos na disseminação dos produtos do projecto;
  • Mostra dos produtos experimentados, assim como um follow-up dos percursos dos beneficiários do projecto acção 2.
 Público-alvo 
  • Organizações envolvidas no processo de disseminação;
  • Instituto do Emprego e Formação Profissional – IEFP;
  • Centros de Formação Profissional;
  • Organizações da rede temática e rede alargada;
  • Ministério da Administração Interna – MAI;
  • Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I. P. – ACIDI, I. P.;
  • Empresas privadas.

6. Reuniões de Mainstreaming

Descrição:

  • 5 Reuniões que procurarão influenciar práticas e políticas nacionais;
  • Dar uma dimensão transnacional à disseminação dos produtos (enquadrando no Ano Europeu para o Diálogo Intercultural);
  • Sessões de divulgação dos produtos aproveitando a rede do CFPSA;
  • Descentralização do processo de disseminação.
 Público-alvo 
  • Serviços de Encaminhamento e de Formação Profissional (ACIDI, IEFP, CGTP, UGT, ARESP, etc.);
  • Delegações do CFPSA (Porto, Coimbra e Loulé);
  • Organizações nacionais e estrangeiras envolvidas em actividades no âmbito do Ano Europeu para o Diálogo Intercultural.

7.  Avaliação Externa do Projecto

Descrição:

  • Será feita a avaliação externa do projecto, com recurso a uma consultadoria especialmente recrutada para o efeito. Será enviado um convite à apresentação de propostas e a PD irá seleccionar a empresa de acordo com os critérios previamente definidos, em reunião de trabalho. A metodologia e os indicadores serão definidos conjuntamente pela PD e a entidade avaliadora.

Calendarização de Actividades